Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

EQUIPE

Dr. Gustavo Capobianco
CRM: 26819 (especialista pela SBCP)

É com muito prazer que os recebemos em nossa página. Aqui você irá conhecer mais sobre a cirurgia plástica, medicina estética e a técnica

 

 

Dra. Erika Capobianco
CRM: 27741

(Formada pela Universidade Federal do Rio Grande. Pós-graduação em dermatologia clinica, e estética pelo Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay – Santa Casa da Misericórdia do RJ)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Plástica e Aspectos Emocionais

Se uma pessoa tem um detalhe no seu corpo que incomoda demais e só consegue enxergar isso ao se olhar no espelho, acaba ficando restrito a esta característica que considera negativa em sua aparência. Nesses casos, quase sempre a cirurgia plástica é uma possibilidade de recuperação da auto-estima.

Se a Cirurgia Plástica faz parte de seus planos, não deixe de estudar e questionar bastante antes de decidir, não se deixe iludir. Mesmo com todo o aprimoramento das técnicas e do aparato tecnológico é necessário garantir sempre sua segurança e bem-estar.


Cirurgia Plástica


O termo Cirurgia Estética é incorretamente utilizado para fazer referência a uma das áreas de atuação da Cirurgia Plástica.

A Cirurgia Plástica atua dentro de três Grandes áreas: A Cirurgia Reparadora, Reconstrutora e a Estética.

Assim, o termo correto seria Cirurgia Plástica Estética, fazendo menção a uma das áreas de atuação do cirurgião plástico.

Hoje em dia está na moda o termo Medicina Estética. Este termo é completamente equivocado uma vez que dentro da Medicina não existe esta especialidade médica. Alguns profissionais, sejam médicos e outros não médicos, criaram este termo e o utilizam de forma incorreta para fazer referência a atividades que visam realizar procedimentos e tratamentos com uma finalidade estética a maneira que os cirurgiões plásticos fazem. Isto nem sempre garante que estes profissionais sejam capacitados para realizarem os procedimentos uma vez que não possuem a formação de um cirurgião plástico.

A Cirurgia Plástica Estética engloba uma série de procedimentos, tratamentos, que tem por objetivo uma melhoria na harmonia corporal. Através de seus métodos a cirurgia plástica atua sobre o corpo de uma pessoa de modo a corrigir algo que seja motivo de desconforto para o paciente. Desta maneira podemos devolver ao paciente sua saúde pela melhoria na Qualidade de Vida que este tipo de procedimento é capaz de promover.

Apesar de todo o conhecimento científico que hoje dispomos e de todo o desenvolvimento tecnológico que temos a cirurgia estética possui seus limites e sempre que estes limites não são respeitados conseqüências desastrosas podem vir a ocorrer.

Quando um paciente tem um desejo de resultado que supera a capacidade da Cirurgia Plástica de consegui-lo o que ocorre é que o tratamento passa a ser motivo de frustração para a pessoa. Isto é algo muito comum pois nos dias atuais o que vemos é uma grande falsa expectativa em relação aquilo que é possível ser obtido com o tratamento.

Grande parte disto advém das falsas informações, do ponto de vista científico, que são veiculadas diariamente por meios não embasados neste tipo de conhecimento. Muitas vezes até são informação que tem uma finalidade meramente comercial, e isto gera uma Banalização da Cirurgia Plástica, de tal maneira que chega a comprometer o relacionamento médico paciente durante a prática diária como cirurgião plástico.

É preciso que o desejo por um resultado seja condizente com a capacidade da Cirurgia Plástica de consegui-lo. Não há como superarmos os limites do organismo.

Dispomos de uma série de técnicas, ou procedimentos, que visam melhorar as estética corporal de uma pessoa, mas todos possuem indicações e contra indicações para serem realizados. Uma das maiores contra indicações absolutas, para realizar um tratamento é justamente a falsa expectativa frente aos resultados que poderão ser obtidos, e como já foi dito, o que iremos obter neste caso será o pleno descontentamento do paciente o que pode comprometer de forma importante sua qualidade de vida.

Dentre os procedimentos temos:

Cirurgia Estética da face.
Engloba a Ritidoplastia, que promove o tratamento das Rugas de Expressão e flacidez facial com melhora dos sinais de envelhecimento facial promovendo o rejuvenescimento do paciente.

Blefaroplastia, trata a flacidez de pele e excesso de gordura das pálpebras que geram uma aspecto de face cansada ou envelhecida.

Mentoplastia, seja pelo uso de próteses de silicone ou pela mudança na conformação óssea da Região Mentoniana, modifica-se sua forma acrescentando aspectos mais rejuvenescidos a face.

Lipoaspiração cervical ou cérvico facial, que remove o excesso de gordura da região cervical, conhecida como papadas, ou da face mudando seu aspecto e melhorando sua forma.

Procedimentos de Peeling, do Inglês Pell, que através de métodos físicos ou químicos permite que as rugas de Expressão sejam atenuadas devolvendo a pele um aspecto mais jovial.

Rinoplastia, que atua sobre o Nariz modificando sua forma e aspecto de maneira que este passe a estar em harmonia com a face.

A Otoplastia modifica a forma das orelhas atuando na sua estrutura cartilaginosa produzindo uma melhoria na harmonia facial.

Cirurgia Estética do Tórax.
Onde temos a Mamoplastia, onde seja pela Mamoplastia Redutora, Mastopexia ou Inclusão de Prótese de Silicone modifica-se o formato e consistência das mamas devolvendo a estas suas características de mamas púberes.

A Lipoaspiração do tórax pode ser usada para remover acúmulos de gordura localizados no tórax ou na região dorsal, melhorando sua forma.

Cirurgia Estética do Abdome.
A Abdominoplastia é utilizada nos casos onde ha excesso de pele, flacidez de pele e/ou musculatura abdominal estando ou não associado a presença de gordura localizada no abdome. Possui variações da técnica clássica que podem ser utilizadas de acordo com a quantidade de excesso de pele, presença de cicatrizes prévias e quantidade de excesso de gordura que existem no abdome.

A cirurgia abdominal mais divulgada é a Lipoaspiração que remove o excesso de gordura depositada no abdome uma vez que é nesta região que os depósitos de gordura se formam com maior freqüência.

Cirurgia Estética dos Membros.
Tanto braços quanto coxas, joelhos e quadril podem ser melhorados com procedimentos cirúrgicos. A Lipoaspiração destas regiões remove os acúmulos de gordura que fazem com que as formas harmônicas sejam perdidas causando a presença dos culotes.

Em casos de flacidez de pele a Dermolipectomia pode ser utilizada para remover uma certa quantidade de pele do membro afetado e com isso devolver-lhe consistência melhorando o aspecto final.

Apesar da grande maioria das vezes os pacientes que procuram um cirurgião plástico serem do sexo feminino, hoje em dia tem aumentado muito o número de pacientes do sexo masculino que buscam por uma melhoria na estética corporal. Isto tem ocorrido pela maior conscientização do homens de que é também importante para eles manterem um bom aspecto corporal.

A Cirurgia Plástica Estética pode ser realizada em qualquer pessoa, em qualquer idade desde que o paciente goze de boa saúde.

É preciso que haja uma boa orientação do paciente frente ao que pode ser obtido em termos de resultado e seu desejo inicial. Quando isto ocorre associado ao uso de um procedimento bem indicado é possível que resultados excelentes possam ser obtidos com o uso destas técnicas promovendo uma grande melhoria na harmonia corporal, na auto-estima e na qualidade de vida dos pacientes.

Desta maneira a Cirurgia Plástica Estética promove saúde aos pacientes que dela fazem uso quando frente ao um descontentamento com o aspecto corporal que possuem.